Fazer turismo

setembro 26, 2012 em Geral por Fabio Ortiz Jr

Viajar e decidirFazer turismo, embora possa parecer, nem sempre é tão simples assim.

Do ponto de vista de quem viaja, há a questão do calendário, da disponibilidade para a viagem.

Depois há a decisão de para onde ir, quem vai conosco e o que vamos lá fazer.  Aí vem a pesquisa, a busca de referências para combinar o bom desejo alegria com o desconhecimento sobre a escolha de lugar, de atrativos, de serviços, bem-estar e novidades.  E aí ainda vem o custo.

Viajar e chegarA depender de como se resolve, pode se ver frustrado o puro desejo original de uma agradável viagem de lazer, de relacionamento e descanso.

Do ponto de vista de quem recebe pode ser ainda mais difícil.  Anos de esforços e investimentos criativos nunca parecem suficientes.

Há a questão primeira da escolha do lugar para o empreendimento, se há atrativos, infraestrutura local básica e se o poder público investe em transporte, saneamento, educação.  Depois há a prospecção de viabilidade, a criação do projeto adequado, licenças e recursos necessários, créditos disponíveis e incentivos, se há mão de obra e materiais adequados e acessíveis, cronogramas, edificação, equipamentos.

Viajar e prepararAí vem a qualificação do atendimento, seleção de pessoal, treinamento, reposição, horários de disponibilidade, segurança.  E por fim o marketing, a captação de clientes, a constante melhoria nos serviços, a rede de colaboradores, parcerias, como enfrentar a sazonalidade… Isto apenas para mencionar o básico.

Planejar é absolutamente necessário e nunca é demais.

Viajar e acolherO Projeto CEPA, na busca de uma solução ótima para todos, propõe a seguinte reflexão: que tal conciliar viagem, lazer, bem-estar, conhecimento, educação, desenvolvimento social e lucro para você?

Criamos uma resposta, que desejamos apresentar a você: conheça o Circuito da Sustentabilidade a partir de uma das regiões mais bonitas do Brasil.  Ele pode abrir as portas de um novo mundo para você.

 

A Verdadeira Arte de Viajar

A arte de viajarA gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa,

Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo.

Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali…

Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando!

Mario Quintana

 


Sobre o Autor: Fabio Ortiz Jr (4 artigos)

Geólogo, analista de sistemas, educador ambiental, escritor e editor, sou criador e diretor do Projeto CEPA, que articula o Centro de Educação e Pesquisas Ambientais, a Pousada dos Mulungus, a Ong GaiaTerra e cerca de cinquenta parceiros iniciais entre São Paulo, Santo Antonio do Pinhal, Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí (SP), Sapucaí Mirim, Belo Horizonte (MG) e Florianópolis (SC).
Sou membro do Conselho Municipal da Renda Básica de Cidadania e do Conselho Municipal de Turismo de Santo Antonio do Pinhal, que presidi por 3 anos, tendo coordenado os trabalhos de formulação da primeira Política Pública para o Turismo em Santo Antonio do Pinhal.
Adoro ler, escrever, conversar e curtir a família e os amigos.
Sou colunista no jornal regional Correio da Serra, ali refletindo sobre Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Aprender e ensinar, para mim, são desdobramentos do mesmo gesto, o gosto pela vida e sua valorização.